set 03

Parabéns aos Biólogos

O SINDIBIO-MG completa hoje 2 anos homenageando os 35 anos da profissão de Biólogo no Brasil, neste 03 de setembro de 2014!

Dia do Biólogo 2014

Dia do Biólogo 2014

Link permanente para este artigo: http://www.sindibiomg.org/site/?p=643

ago 10

SINDIBIO-MG e CRBio-02 Participam de Audiência em Brasília Pela Valorização dos Biólogos

Para fortalecer o movimento de valorização da atuação profissional dos biólogos, o SINDIBIO-MG e CRBio-02 foram convidados pelo estudante de Ciências Biológicas Fernando Cesar, fundador do Blog Biólogo: Profissional da Vida a representar os Biólogos em audiência na cidade de Brasília, a fim de abreviar o caminho para a votação do PL 5755/2013, que dispõe sobre a jornada, condições de trabalho e piso salarial nacional dos Biólogos. O estudante divulgou pioneiramente a proposta (em julho de 2013) através do Blog, e desde então os profissionais conheceram e a propagaram nas redes sociais, chegando ao conhecimento do CRBio-02 e do Sindicato dos Biólogos de Minas Gerais. 

Nesta quarta-feira, dia 6 de agosto, os representantes forami recebidos em Brasília pelo Deputado Federal Vicentinho, líder do PT na Câmara, e ex-presidente da CUT. A reunião foi uma representação em apoio às lideranças que atuam em prol da profissão, eleita pela ONU entre as dez maiores do século.
REUNIAOBRASILIA_Ago_2014Em pauta, estiveram a votação e aprovação do PL 5755/2013, de autoria do Deputado Danrlei de Deus Hinterholz (PSD-RS) e questões pertinentes à inclusão dos biólogos em Concursos para cargos competentes à profissão.

“A reunião foi positiva, o deputado federal Vicentinho ouviu as demandas apresentadas, que constituíram-se basicamente no seu apoio ao PL 5755/13, a exposição da questão do concurso da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS) para a Prefeitura de Niterói/ RJ e o apoio ao Sindicato dos Biólogos de MG. O deputado imediatamente ligou para o Deputado Policarpo, autor do substitutivo ao PL 5755/13, e orientou sobre as outras demandas, colocando o seu Gabinete para nos apoiar.” relatou o presidente do CRBio-02.

Continue reading

Link permanente para este artigo: http://www.sindibiomg.org/site/?p=627

jul 13

RDC e PL sobre acesso a biodiversidade avançam e podem ser votados ainda este ano

Em audiência pública políticos e representantes do setor de C&T fizeram um balanço sobre os avanços da medida

Duas novidades sobre o novo marco legal da ciência, tecnologia e inovação brasileiro movimentaram o plenário 13 da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (13). Em audiência pública que serviu para fazer um balanço sobre os avanços da medida, políticos e representantes do setor de C&T ouviram que o Regime Diferenciado de Contratação (RDC) e um projeto de lei para acesso a biodiversidade obtiveram avanço e podem até ser levados a plenário ainda em 2014.

Antigo pedido dos cientistas e processo fundamental para evitar um colapso no setor Antigo,  o RDC finalmente deverá ser encaminhado à Câmara dos Deputados pelo governo federal. A informação foi repassada pelo futuro relator da matéria, deputado Newton Lima (PT-SP).

foto RDC PLRDC deverá desburocratizar processo de compras de equipamentos e insumos – Foto: Marcos Santos/USP Imagens“A expectativa é muito grande que o governo federal encaminhe ao congresso os procedimentos especiais de compra para o setor de C&T. Isto envolve as universidades, institutos de pesquisa que fazem pesquisa básica, tecnológica e inovação. Estes  procedimentos – já adotados por vários países do mundo –agilizam os processos e programas de desenvolvimento de tecnologia e inovação no Brasil”, explicou o parlamentar.

Lima conhece muito de perto as dificuldades para se fazer pesquisas sob a atual legislação. De 1992 a 1996, o deputado foi reitor da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar). Segundo ele, ninguém melhor que o próprio para entender o quão prejudicial para a o setor é a Lei das Licitações, apelidadas por alguns presentes de “lei do capeta”.

“A 8666 é uma legislação que estabelece o mesmo método de compras quer para um lápis quer para um equipamento de Raio x necessário para pesquisa”, comparou Lima ao enfatizar a necessidade de um mecanismo que dê segurança jurídica a quem faz ciência no País.

Biodiversidade Continue reading

Link permanente para este artigo: http://www.sindibiomg.org/site/?p=598

jun 27

Projeto fixa piso salarial e jornada de trabalho para biólogos

TV CÂMARA
dep_danrlei
Danrlei lembra que outras classe profissionais também possuem piso salarial.

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 5755/13, que regulamenta a jornada, as condições de trabalho e o piso salarial dos biólogos. Pelo texto, de autoria do deputado Danrlei de Deus Hinterholz (PSD-RS), a duração da jornada de trabalho dos biólogos será de 30 horas semanais. No caso de regime de plantão, a jornada não poderá ultrapassar 12 horas. Além disso, a alimentação será fornecida gratuitamente aos profissionais de plantão.

A proposta também fixa o piso salarial da categoria em cinco salários mínimos (hoje o equivalente a R$ 3.620).

Danrlei acrescenta que embora possuam a profissão regulamentada desde 1979 (6.684/79), os biólogos não têm uma lei estabelecendo o piso salarial para a categoria. “A fixação de um piso é de suma importância para essa categoria que conta, em todo o País, com cerca de 80 mil profissionais registrados nos respectivos conselhos regionais”, acrescenta.

O projeto trata ainda do trabalho em condições insalubres ou de perigo, que passará a incluir: a atividade realizada em área de campo onde possa haver acidente com animais peçonhentos ou contato com plantas alergênicas.

Tramitação
A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Juliano Machado Pires
Edição – Natalia Doederlein

Link permanente para este artigo: http://www.sindibiomg.org/site/?p=593

abr 10

Biólogo Brasileiro Assumirá Diretoria na Agência Internacional de Energia Atômica da ONU

Biólogo Dr. Aldo Malavasi

Biólogo Dr. Aldo Malavasi

Na AIEA, o departamento de Ciências Nucleares e Aplicações desenvolve, por exemplo,  tecnologias principalmente para agricultura e medicina para países pobres e em desenvolvimento. Dessa forma, um dos desafios de Malavasi na equipe do japonês Amano, em Viena, é criar novos laboratórios de aplicação de energia nuclear em medicina e agricultura nos próximos três anos.

A intenção de Amano, segundo adiantou Malavasi, é modernizar os equipamentos dos laboratórios de tal departamento, situados em Seibersdorf, na Áustria, hoje considerados cinquentenários. “Um dos grandes desafios do novo DDG é construir os novos laboratórios em substituição aos (antigos)”, explicou Malavasi.

Para fazer frente a esses desafios, Malavasi afirmou que contará com sua expertise na captação de recursos, principalmente, de países ricos. Ele disse ser “um bom fundraiser.”

Malavasi fez questão de informar que a Moscamed, situada no Vale de São Francisco (BA/PE), é uma das empresas beneficiárias das tecnologias desenvolvidas pela AIEA. “A linhagem da Moscamed foi desenvolvida pela AIEA que é usada no mundo inteiro. Eu era um beneficiário e agora vou ser gestor (de um dos departamentos da Agência Internacional).” Continue reading

Link permanente para este artigo: http://www.sindibiomg.org/site/?p=561

Load more