«

»

fev 14

Imprimir Post

Piso Salarial 2017 dos Biólogos de Minas Gerais

Os valores listados não compreendem adicionais de Transporte, Alimentação, Seguro Pessoal e de Saúde que são de responsabilidade legal dos empregadores, como também não são constituídos dos adicionais de Insalubridade, Periculosidade, Adicional Noturno e Hora Extra que são particulares de cada relação trabalhista e devem ser computadas adicionalmente pelo empregador conforme as CLT. Em caso de irregularidades ou dúvidas, consulte nosso Jurídico (contato@gtbadvocacia.adv.br).

Os valores apresentados constituem o valor de PISO (valor mínimo a ser pago, fora adicionais) ao profissional que se enquadre por seu nível de especialização em IES reconhecidas; ou por tempo de experiência profissional.

Não há TETO SALARIAL para a categoria profissional do Biólogo.

É proibido por lei rebaixar ou contratar profissional com valor inferior ao seu último vencimento anotado em CTPS ou documento de validação legal. Caso sofra rebaixamento salarial direto ou indireto, como por manobra de demissão e recontratação por valores inferiores, DENUNCIE.

Considerando a Instrução CFBIO nº 04/2007 que sugere os valores de honorários do Biólogo, a qual também determina a atualização dos valores pelo IGPM, perfazendo até janeiro de 2017 o juros acumulado (segundo o Banco Central) de 69,31282%, tendo assim os valores de honorários atualizados e apresentados conforme tabela abaixo:

 

Júnior 1 Júnior 2 Pleno Sênior Master Especialista
Grau de Experiência / Especialização Até 2 anos após a graduação. Sem especialização. De 2 a 5 anos após a graduação. Sem especialização. De 5 a 10 anos após a graduação ou independente do tempo de formado mas com Especialização / Pós-Graduação lato sensu ou extensão acadêmica. De 10 a 15 anos após a graduação ou com Mestrado stricto sensu. Mais de 15 anos após a graduação ou com Doutorado. Mais de 20 anos após a graduação ou com Pós-Doutorado.
Autônomo (/hora) R$ 70,50 R$ 105,75 R$ 158,62 R$ 246,75 R$ 343,69 R$ 449,44
CLT (Salário) 40h semanais R$ 1.551,00 R$ 2.326,50 R$ 3.489,64 R$ 5.428,50 R$ 7.561,18 R$ 10.337,12

 

DIEESE

 

Link permanente para este artigo: http://www.sindibiomg.org/site/?p=758

2 comentários

  1. Luciana Melo

    Ei Fabiano,
    só para ajudar a reviver a memória, essa tabela é uma sugestão ou já está votado e definido no estado? Estes valores tb correspondem ao que o SINDIBIO-DF está trabalhando no Nacional?

    Obrigada!
    ABraço

    1. Fabiano Presidente

      Esta tabela é uma sugestão que nada mais é do que a atualização da proposta do CFBIO/CRBIOs de 2007 mas que teve distribuída em mais gradações de experiência, ponderando com dados salariais do DIEESE.
      O projeto nacional trabalha com um valor único de piso ao qual não concordamos mas apoiamos o PL da mesma forma por ser um marco inicial muito importante.

      Uma questão que deve ser considerada é que mesmo havendo o Piso instituído por lei, cada município, região, estado pode adequar tanto para mais quanto para menos o valor de piso por meio de ACT – Acordo Coletivo de Trabalho arbitrado localmente em assembleia convocada para este fim tendo representantes e votantes da Categoria profissional (trabalhadores), dos empregadores (empresas públicas e privadas) e delegação do Ministério do Trabalho e Emprego por meio de sua Delegacia Regional.

      Oque deve ficar claro é que, seja quando for, com piso legal instituído ou não, havendo mobilização efetiva que sustente o SINDIBIO-MG, convocaremos os Biólogos e Empregadores para Convenção e/ou Acordo Coletivo de Trabalho que terá como base esta proposta a ser negociada.

      Att, Abs,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>